POLÍTICA

Dhlakama finalmente sai da parte incerta e da as caras

13 dias depois, o líder do maior partido da oposição em Moçambique, Afonso Dhlakama, reapareceu.

A última vez que o líder da “perdiz” esteve em frente da mídia nacional, foi no dia 25 de Setembro, onde a sua comitiva sofreu um atentado em Zimpinga, no distrito de Gondola, Província de Manica, centro do país.

Afonso Dhlakama de Gorongosa

Uma comitiva composta por mediadores, jornalistas nacionais e internacionais, força de defesa e segurança e agentes da Polícia da República de Moçambique foi ao encontro do líder da Renamo, Afonso Dhlakama, algures das matas de Gorongosa.

Quando lá chegaram, o homem forte da Renamo, disse que não tem medo de morrer.

“Eu já morri. Não tenho medo de morrer. Tudo o que faço é por este povo pé descalço” disse Afonso Dhlakama citado pelo Canal de Moçambique.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: