POLÍTICA

João Massango quer levar o Governo e a Renamo ao Tribunal Penal Internacional

João Massango, líder do Partido Ecologista, diz que vai submeter um processo crime, junto do tribunal penal internacional contra o Governo da República de Moçambique e o partido RENAMO por estes negarem sossego ao povo.

“O partido Ecologista vai apresentar a queixa ao Tribunal Penal Internacional, vamos apresentar a queixa a comissão internacional dos direitos Humanos, A comissão Africana e as Nações Unidas.

João Massano

Isso resulta da tensão política militar que estamos a viver em Moçambique.

Nós como partido ecologista, como partido da causa do povo, entendemos que os protagonistas desse cenário precisam ser levado a barra da justiça, porque? Por que estamos a passar momentos delicado no país, em que uma parte quer guerra e outra parte não quer a paz”, disse João Massango.

Para João Massango, o seu partido tomou essa decisão por que entende que as acções que vem sendo protagonizados pelo Governo e pelo partido Renamo tira sossego aos Moçambicanos e, que pode se considerar um crime de guerra.

“Os crimes de guerra, os crimes contra a humanidade são condenáveis. Foram 16 anos que o povo moçambicano passou num conflito sangrento, onde quase que 1.500.000 pessoas perderam a vida.

Tivemos recentemente um conflito, onde várias pessoas perderam a vida, a nossa economia ficou afectada e, agora voltamos a mesma situação”, sentenciou Massango.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: