POLÍTICA

“Há moçambicanos que não percebem o que é união” diz Nyusi

O chefe do estado, Filipe Jacinto Nyusi, disse ontem, segunda-feira, no discurso das cerimônias centrais alusivas aos 41 anos dos Acordos de Lusaka, estar indignado com a existência de moçambicanos que não percebem o que é união.

“Ainda há moçambicanos que não perceberam que só unidos seremos o Moçambique que somos e queremos ser. Há a quem ainda hoje tenha de ser explicado o significado e alcance profundo dos limites nacionais”, disse filipe Nyusi.

Nyusi
Este discurso acontece numa altura em que a incerteza relativamente ao futuro do país aumentam, devido aos discursos ameaçadores do líder da Renamo, Afonso Dhlakama, que muito recentemente obrigou a delegação do seu partido a abandonar o diálogo que mantinha com o governo no centro de conferencia Joaquim Chissano.

O líder da Renamo, anunciou também, a criação de dois quarteis militares do seu partido, segundo ele os referidos quarteis servirão para treinar policias e soldados para garantir tranquilidade nas províncias que pretende governar.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários

  1. Bernardino disse:

    Agora que ja existe povo que nao percebem da união, no principio dizia que no teu curacao cabe a todos os moçambicanos e servirás como empregado do povo. Cadé as promessas da campanha?

  2. Armando Jose disse:

    Este Nyusi nao devia ser presidente porque nem sabe se discursar, fala e se lembra o que falou, mas acha que uniao é roubar o dinheiro do povo, ou criar dividas sem conhecimento do povo ou pôr moçambique em guerra……….

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: