POLÍTICA

Filipe Nyusi promove irmão de Dhlakama e manda recado a Renamo

Filipe Nyusi, na manhã de quarta-feira, 23 de Setembro, promoveu seis oficiais militares, no âmbito do Dia das Forças Armadas de Defesa de Moçambique, que amanhã se assinala.

Um dos promovidos é Elias Marceta Dhlakama, irmão de Afonso Dhlakama, presidente da Renamo. Foi promovido à patente de brigadeiro e nomeado comandante dos reservistas.

Após conferir posse, Nyusi fez um discurso eminentemente virado para a Renamo, tendo dito aos militares que o foram cumprimentar que as Forças Armadas de Moçambique devem ser um factor dissuasor contra quaisquer iniciativas obscuras de indivíduos e grupos que procurem criar pânico e medo no seio das populações através de ameaças de guerra.

Segundo Filipe Nyusi, estas ameaças visam pôr em causa a estabilidade socio-económica e a unidade nacional dos moçambicanos. Acrescentou que as FADM devem ter sempre presente a responsabilidade de garantir que os moçambicanos vivam em paz, não sejam intimidados.

Numa cerimónia que teve lugar no Palácio da Ponta Vermelha, Filipe Nyusi promoveu à patente de contra-almirante o comandante da Casa Militar, Joaquim Rivas Mangrasse; o brigadeiro Eugénio Augusto Roque, chefe do Estado-Maior da Casa Militar; o comodoro Eugénio Dias da Silva Muatua, chefe do Estado-Maior da Marinha de Guerra de

Moçambique, o brigadeiro Cândido José Tirano, inspector da Força Aérea de Moçambique e o brigadeiro António Maurice, director de Informações de Defesa. (Bernardo Álvaro)

Fonte: Canal Moz

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. guilherme da silva disse:

    Optimo jornal pra se manter informado

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: