UTILIDADE

Jovem albino escapa à morte após passar 16 dias em cativeiro

Um jovem albino identificado por Domiciano Rosário, de 22 anos de idade, estava sendo mantido em cativeiro a 16 dias por um grupo composto por cerca de sete indivíduos, dos quais três estão, desde ontem, sob custódia policial, no Comando Distrital de Ribáuè, na província de Nampula, indiciados de rapto e tentativa de homicídio frustrado e venda de órgãos humanos.

joven albino libertado do cativeiro

O jovem, natural de Nipepe, província do Niassa, referiu em declarações ao jornal Notícias que no passado dia 18 de julho foi surpreendido em sua casa por um homem que o convidou a dar um passeio pela cidade de Nampula. À chegada ao local, o cidadão albino foi levado para um residência no bairro de Napipine, onde ficou em cativeiro até ontem.
“Quando chegamos a Nampula cortaram-me cabelo com uma lâmina e disseram que o mesmo se destinava à venda a um patrão por um valor de um milhão e quinhentos mil meticais, parte do qual me entregariam”, disse o jovem ao jornal notícias.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.