POLÍTICA

Homens armados da Renamo atacaram agentes da PRM em Tete

Homens armados da Renamo voltaram a atacar agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) na localidade de Ndande, Distrito de Moatiza, província de Tete.

Segundo avançou a Rádio Moçambique, os supostos homens da Renamo efectuaram cinco emboscadas sem causar vítimas, isto no sábado passado.

Os homens armados colocaram, ao longo da estrada, 12 barricadas feitas com troncos de árvores de grande porte, espaçadas por um intervalo de 1,5 quilómetros.

Renamo-guerrilheiros-gorongosa2

As emboscadas ocorreram cerca das 09h00 horas da manhã de sábado quando a referida unidade policial deslocava-se à zona de Monjo, onde ia render uma outra unidade da PRM posicionada naquele local, quando se deparou com a situação que culminou com uma breve troca de tiros, garantiu a mesma fonte.

A PRM afirma não estar em condições de confirmar se teria havido baixas do lado dos homens armados. Deolinda Matsinhe, porta-voz da PRM em Tete, explicou que os membros da força policial foram atacados de surpresa depois de abandonarem as suas viaturas a fim de remover os obstáculos que haviam sido colocados na estrada.

“Dos ataques não tivemos feridos e, neste momento, a força encontra-se no quartel. Um dos ataques foi numa zona de muita população, habitada, e foi difícil a força reagir, correndo o risco de atacar (atingir) a população. Podemos dizer que houve tiros entre a força policiais e os homens supostamente da Renamo”, disse Matsinhe, citada pela Rádio Moçambique (RM).

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: