BIZARRO

Homem aparece no seu próprio velório e causa pânico

Após um bombardeamento de um mercado de Douma, perto de Damasco, na Síria, Mohammed Rayhan foi declarado morto .

No entanto, 36 horas após o ataque, Ryhan apareceu no seu próprio velório e causou pânico no local. A história foi contada pelo jornal britânico Independent.

De acordo com as últimas informações, o bombardeamento fez 117 mortos, incluindo 16 crianças e sete mulheres.

481431

Ao perceberem que Rayhan estava no local do ataque – e face à sua ausência durante várias horas após o bombardeamento -, os familiares do homem presumiram que este era uma das vítimas mortais e começaram os preparativos fúnebres nesse mesmo dia, descreve o jornal britânico.

Trinta e seis horas após o ataque, Rayhan acordou no meio dos escombros, fugiu do local e pôs-se a caminho de casa. Quando lá chegou, viu que a família estava toda reunida, despedindo-se dele próprio. Assim que o viram, os familiares saltaram de alegria e suspiraram de alívio.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos afirma que este é o género de acontecimento que ocorre com alguma frequência na Síria.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: