POLÍTICA

Funcionários da Comissão de DH da RSA recebem ameaças de morte por investigarem o Rei Zulo

A segurança nos escritórios da Comissão de Direitos Humanos (SAHRC) em Durban foi reforçada, isto após funcionários daquela instituição terem recebido uma série de ameaças.

As pessoas que ligavam ameaçavam incendiar o escritório se a comissão de Direitos Humano Sul Africano continuasse a investigar o Rei Zulo, Gorodwill Zwelithini, pelo discurso proferido em Pongola no mês passado e, que muitos acreditam ter sido a que originou a onda dos ataques xenófobos em KwaZulu-Natal, há três semanas.

 

Rei Goodwill Zwelithini

Uma fonte dentro Comissão de Direitos Humanos revelou ao City Press que uma das mensagens ameaçadoras dizia o seguinte: “Se você não parar imediatamente com a investigação contra o rei, seu escritório será queimado com você nele.” Outra que também foi dirigido a equipe do SAHRC dizia: “Tenha cuidado Estamos te observando e nós sabemos onde você mora”.

O porta-voz da Comissão de Direitos Humanos, Isaac Mangena, confirmou que a organização recebeu numerosas cartas ameaçadoras e chamadas que vieram através dos escritórios provinciais.

Mangena disse que o SAHRC estava preocupado com as ameaças, porque muitos membros da organização trabalham nas comunidades onde algumas das chamadas e letras vêm.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: